Clica se gostas da página

Siga-me no Facebook

mais sobre mim

Quarta-feira, 24 DE Fevereiro DE 2010

Gustavo Vieira - Mistérios Celestiais

Sempre tive alguma curiosidade no tema da Vida para Além da Morte. As histórias de experiências extra-corporais, espíritos, será que vamos para algum sítio quando morrermos... Uma amiga minha emprestou-me um livro que conta relatos de várias pessoas que tiveram experiências extra-corporais e aquilo fascinou-me. De tal maneira que, à medida que ia lendo, ia imaginando uma banda-sonora para o que estava absorvendo. Foi aí que nasceu este 3º trabalho "Mistérios Celestiais". Todos os temas são baseados nessa temática e a escolha dos sons também. Para este cd, usei mais uma placa de novos sons no meu teclado Roland XP-80. Placa essa denominada Vocal Collection, uma série de sons baseados em vozes, coros e instrumentos muito mais ambientais. Uma boa banda sonora que também ajuda a meditar.
Pela primeira vez, contei com a colaboração de alguns convidados: os meus irmãos.
O Ricardo Vieira tocou piano no tema Sonhos.
O Paulo Vieira tocou guitarra nos temas Mistérios Celestiais e O Outro Lado.
O cd foi gravado e misturado por mim usando o sequenciador do teclado e posteriormente masterizado pelo Paulo Vieira nos Moshpit Studios (em casa, portanto).

 

"Mistérios Celestiais" 2002
 

 

01- Vidas passadas

02- O corpo e a alma

03- Premonições

04- Sonhos

05- Mistérios celestiais

 - Vida depois da Morte? -

I(06)- Experiência extra-corporal

II(07)- Espírito errante

III(08)- O outro lado

 Ouvir Mistérios Celestiais

publicado por GV às 23:43
Domingo, 21 DE Fevereiro DE 2010

Gustavo Vieira - O Errante

O meu segundo cd foi o primeiro gravado com o meu novo teclado, um sintetizador-workstation: Roland XP-80. Com um bom sequenciador e uma grande panóplia de sons de origem e, aqui, com uma placa extra de sons orquestrais, decidi enveredar por um tipo de conceito que adoro: as bandas sonoras de filmes.

O cd foi gravado e misturado por mim usando o sequenciador do teclado e posteriormente masterizado pelo Paulo Vieira nos Moshpit Studios.
Neste trabalho que dei o nome de O Errante, criei uma história e ilustrei-a com música que se adequasse a cada situação dessa história. Tem sonoridades que abrangem o medieval, celta, orquestral. Foi um bom exercício e uma boa forma de criar música. Aqui vos deixo um pequeno resumo da história em cada tema.

"O Errante"
Esta história passa-se algures no séc. XIV e começa numa típica aldeia medieval. Um jovem, aventureiro, nunca saiu da sua aldeia, quer conhecer o mundo, novos locais, novas aventuras.
A jornada começa - Um dia, decide que já é altura de partir. Os pais também sabem disso. Arruma tudo o que tem para levar, despede-se da família e de todos da aldeia. É aí que começa a sua aventura.
Paisagens - Já longe de sua casa, aprecia tudo o que há de belo no mundo. As árvores, as montanhas, as flores... Tudo o que nunca tinha visto antes. O seu sonho a tornar-se realidade, finalmente.
Uma cidade nas montanhas - Ao longe, avista uma cidade, rodeada por grandes muros. Parece acolhedor. Ao passar os portões, vê um povo alegre que o recebe de braços abertos.
Civilização - Faz amigos, que o levam a conhecer toda a cidade. Muitas conversas, experiências e coisas novas foi o resultado desta visita. Foi um tempo agradável, mas o jovem tem de partir para outras aventuras.
O salvamento - Enquanto passeia na floresta, avista uma jovem que está a ser atacada por ladrões que vivem fora das cidades. O jovem apronta-se a lutar por ela e salvá-la.
Sentimentos - Depois do salvamento, de repente vê-se lado a lado com uma jovem bonita. Conversam durante horas. Apesar de cada vez mais gostarem um do outro, cada um tem de ir para seu lado.
Viajante solitário - A viagem continua. Sozinho mais uma vez. Mais aventuras se seguem. Mas o pensamento nela não desaparece.
O reencontro - Depois de vários dias de viagem e algumas aventuras, num certo caminho, encontra um grupo de pessoas a viajar. Entre elas, a tal jovem que tinha salvo.
Errantes - Mais forte que eles, decidem ficar juntos. Ela despede-se da família e partem os dois para novas aventuras. Como dois Errantes.



"O Errante" 2001
 

 

 

01- A jornada começa

02- Paisagens

03- Uma cidade nas montanhas

04- Civilização

05- O salvamento

06- Sentimentos

07- Viajante solitário

08- O reencontro

09- Errantes

 Ouvir O Errante

publicado por GV às 22:41
Quinta-feira, 18 DE Fevereiro DE 2010

Gustavo Vieira - Sons dos Tempos

Sons dos Tempos foi o meu primeiro cd caseiro. Datado de 2001, este trabalho é uma compilação de músicas que vinha compondo entre 1998 e 2000. Alguns dos temas foram compostos para serem introduções ou instrumentais para algumas bandas a que estava a participar na altura. Alguns dos temas que ficaram de fora entraram neste cd. Abrange vários estilos musicais, desde ambiental, celta a new age.

As músicas foram tocadas no meu primeiro teclado, um Yamaha PSR-320. A gravação foi feita em parte usando o limitado sequenciador desse teclado e, muitas vezes, o programa midi Bars & Pipes desse mítico computador Amiga 1200.

A compilação, o resto da gravação e masterização foi feita pelo meu irmão Paulo Vieira no nosso quarto, pomposamente denominado de Moshpit Studios, em Maio de 2001.

A capa do cd foi idealizada por mim e composta pelo meu amigo Pedro Damázio.

 

 

 "Sons dos Tempos" 2001
 

 

01- Ilusão fractal

02- O livro dos guerreiros

03- A donzela

04- Terras vastas

05- Odisseia da frota estelar

06- O artista

07- Serenidade

08- Um sonho para sempre


Ouvir Sons dos Tempos

publicado por GV às 22:55
Terça-feira, 16 DE Fevereiro DE 2010

Gustavo Vieira - Biografia

Apresento aqui o meu projecto musical a solo. Não é nenhuma banda. Sou eu mesmo e o meu teclado, onde registo música que vem dentro da minha alma. Projecto mais pessoal e íntimo que este não há, daí o nome ser o meu próprio: Gustavo Vieira.
Aqui resumo um pouco da história.

Comecei nestas lides do teclado por volta dos meus 10 anos de idade, onde frequentei a escola particular do Prof. Carlos Alberto Rodrigues. Depois de ter participado em algumas bandas caseiras como baterista, em 1996, entrei como teclista na banda de black/death metal Firstborn Evil (agora The Firstborn) onde participei com alguns instrumentais nesta e noutras bandas de metal como Nargothrond, Sword of Akhron e Antiquus Scriptum. Desde aí, vinha compondo alguns instrumentais que ficaram "guardados na gaveta". Querendo dar-lhes um destino, registei 8 desses temas que resultaram no meu 1º demo-cd, gravados com 1 teclado Yamaha PSR-320. Tendo depois adquirido um Roland XP-80, tenho vindo a compor músicas de vários géneros musicais, desde new age, celta, medieval, ambiental, entre outros que vão fazendo parte de futuros demo-cd's.
De momento, esses registos em demo-cd são:

Sons dos Tempos (2001)
O Errante (2001)
Mistérios Celestiais (2002)
Released (2009)

Brevemente, falarei um pouco sobre eles, bem como disponibilizarei os mesmos para download.
 

Gustavo Vieira (MySpace)
Gustavo Vieira - MySpace

 

publicado por GV às 00:05

Subscrever

Insere o teu email:

Delivered by FeedBurner

pesquisar

 

Visitantes