Gustavo Vieira - O Errante

O meu segundo cd foi o primeiro gravado com o meu novo teclado, um sintetizador-workstation: Roland XP-80. Com um bom sequenciador e uma grande panóplia de sons de origem e, aqui, com uma placa extra de sons orquestrais, decidi enveredar por um tipo de conceito que adoro: as bandas sonoras de filmes.

O cd foi gravado e misturado por mim usando o sequenciador do teclado e posteriormente masterizado pelo Paulo Vieira nos Moshpit Studios.
Neste trabalho que dei o nome de O Errante, criei uma história e ilustrei-a com música que se adequasse a cada situação dessa história. Tem sonoridades que abrangem o medieval, celta, orquestral. Foi um bom exercício e uma boa forma de criar música. Aqui vos deixo um pequeno resumo da história em cada tema.

"O Errante"
Esta história passa-se algures no séc. XIV e começa numa típica aldeia medieval. Um jovem, aventureiro, nunca saiu da sua aldeia, quer conhecer o mundo, novos locais, novas aventuras.
A jornada começa - Um dia, decide que já é altura de partir. Os pais também sabem disso. Arruma tudo o que tem para levar, despede-se da família e de todos da aldeia. É aí que começa a sua aventura.
Paisagens - Já longe de sua casa, aprecia tudo o que há de belo no mundo. As árvores, as montanhas, as flores... Tudo o que nunca tinha visto antes. O seu sonho a tornar-se realidade, finalmente.
Uma cidade nas montanhas - Ao longe, avista uma cidade, rodeada por grandes muros. Parece acolhedor. Ao passar os portões, vê um povo alegre que o recebe de braços abertos.
Civilização - Faz amigos, que o levam a conhecer toda a cidade. Muitas conversas, experiências e coisas novas foi o resultado desta visita. Foi um tempo agradável, mas o jovem tem de partir para outras aventuras.
O salvamento - Enquanto passeia na floresta, avista uma jovem que está a ser atacada por ladrões que vivem fora das cidades. O jovem apronta-se a lutar por ela e salvá-la.
Sentimentos - Depois do salvamento, de repente vê-se lado a lado com uma jovem bonita. Conversam durante horas. Apesar de cada vez mais gostarem um do outro, cada um tem de ir para seu lado.
Viajante solitário - A viagem continua. Sozinho mais uma vez. Mais aventuras se seguem. Mas o pensamento nela não desaparece.
O reencontro - Depois de vários dias de viagem e algumas aventuras, num certo caminho, encontra um grupo de pessoas a viajar. Entre elas, a tal jovem que tinha salvo.
Errantes - Mais forte que eles, decidem ficar juntos. Ela despede-se da família e partem os dois para novas aventuras. Como dois Errantes.



"O Errante" 2001
 

 

 

01- A jornada começa

02- Paisagens

03- Uma cidade nas montanhas

04- Civilização

05- O salvamento

06- Sentimentos

07- Viajante solitário

08- O reencontro

09- Errantes

 Ouvir O Errante

publicado por GV às 22:41